México receberá 1,7 milhão de doses de vacina da Moderna contra a covid-19

·1 minuto de leitura
Doses da vacina da Moderna contra a covid-19

O México vai receber dos Estados Unidos 1,7 milhão de doses da vacina contra a covid-19 da farmacêutica Moderna, depois que o organismo regulador aprovou o uso emergencial deste imunizante no país.

"O governo dos Estados Unidos acaba de nos informar que no fim de semana chegam 1.750.000 doses da vacina da Moderna oferecidas pela vice-presidente, (Kamala) Harris ao presidente (Andrés Manuel López) Obrador", informou nesta quarta-feira (18), pelo Twitter, o chanceler mexicano, Marcelo Ebrand.

"Em um mês, chegará a segunda dose (outras 1.750.000 doses). Nossos sinceros agradecimentos", acrescentou.

Em 10 de agosto, o próprio Ebrand tinha anunciado que o governo americano tinha concordado em enviar ao México 8,5 milhões de vacinas da Moderna e da AstraZeneca durante um telefonema entre o presidente López Obrador e a vice-presidente americana.

Mais cedo nesta quarta, a Comissão Federal para a Proteção contra Riscos Sanitários (Cofepris), o órgão regulador de medicamentos no país norte-americano, anunciou em um comunicado que foi "determinada procedente a autorização para uso de emergência da vacina Moderna".

O México já tinha aprovado outras sete vacinas: as da Pfizer-BioNTech, AstraZeneca, CanSino, Sputnik V, Sinovac, Covaxin e Jennsen.

O México, com 126 milhões de habitantes, começou a aplicar as imunizações contra a covid-19 em dezembro. Até o momento, são 54,8 milhões as pessoas que foram vacinadas, 29,2 milhões delas com duas doses.

O país é afetado por uma terceira onda de covid e nos últimos dias foram registrados níveis recorde de contágio.

Até a noite de terça-feira, segundo boletim da secretaria de Saúde, havia 3,1 milhões de pessoas contagiadas e 249.529 falecidas.

sem/llu/aa/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos