México: Comissão Interamericana de Direitos Humanos condena assassinato violento de jornalista

·2 min de leitura

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) condenou nesta sexta-feira (28) o assassinato da jornalista Lourdes Maldonado, o terceiro caso de morte violenta de repórteres no país em 2022, e pediu que o Estado tome medidas.

Maldonado, que cobria os temas polícia, corrupção e política no estado de Baja California, tinha proteção policial há um ano quando chegava e saía de casa, mas no último domingo (23) foi baleada dentro do carro, em frente à sua residência, na cidade de Tijuana.

Em comunicado, a CIDH, juntamente com sua Relatoria Especial para a Liberdade de Expressão (Rele) e o escritório no México do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (UN-DH), pedem ao Estado "investigar pronta, séria e imparcialmente os fatos". A investigação deve "esclarecer não apenas a autoria material dos eventos, mas também os autores intelectuais desses ataques".

Lourdes Maldonado trabalhou como correspondente em Tijuana desde os anos 1990 para um jornal mexicano. Colaborou depois com vários veículos, entre eles o Primeiro Sistema de Notícias (PSN), de Jaime Bonilla, que foi governador de Baixa Califórnia de 2019 a 2021, dentro de uma coalizão política que sustenta o Morena, partido do presidente Andrés Manuel López Obrador. Há alguns dias, a vítima ganhou um processo trabalhista contra o PSN por demissão abusiva.

Violência contra jornalistas

A jornalista compareceu em 2019 a uma das entrevistas coletivas diárias do presidente Andrés Manuel López Obrador para pedir ajuda no processo trabalhista contra Jaime Bonilla. "Venho aqui pedir seu apoio, ajuda e justiça trabalhista porque temo pela minha vida", disse naquela ocasião.

A CIDH é um órgão da Organização dos Estados Americanos (OEA).


Leia mais

Leia também:
Com três assassinatos em apenas um mês, 2022 começa violento para jornalistas no México
Comitê da ONU contra desaparecimento de pessoas visita o México para propor ações de busca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos