México foca pedido de vacina em doses da AstraZeneca que EUA têm em estoque

Adriana Barrera e Frank Jack Daniel
·1 minuto de leitura
Vacina da AstraZeneca

Por Adriana Barrera e Frank Jack Daniel

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O México pediu que os Estados Unidos compartilhem doses da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 que possuem em estoque, afirmou uma importante diplomata, seguindo um pedido feito pelo presidente Andrés Manuel López Obrador ao seu equivalente Joe Biden.

A vice-chanceler para assuntos multilaterais Martha Delgado disse que já que os Estados Unidos ainda não aprovaram a vacina da AstraZeneca, ela seria uma boa candidata para oferecer ao México, que já iniciou seu uso.

"A possibilidade existe de termos acesso a alguns lotes de AstraZeneca que eles têm", afirmou Delgado em uma entrevista à Reuters na semana passada, dizendo que o México solicitou conversas diplomáticas desde que López Obrador falou com Biden no dia 1 de março.

"A vacina já está autorizada no México, mas ainda não tem a autorização no momento nos Estados Unidos", disse. "Eles podem liberá-la".

López Obrador pediu a Biden um "empréstimo" de vacinas durante a reunião virtual, após a estratégia de vacinação do México sair do trilho após atrasos em entregas da vacina desenvolvida pela Pfizer e a parceira alemã BioNTech.