México propõe a criação de um órgão de integração regional para substituir a OEA

·1 minuto de leitura
Presidente mexicano, Andres Manuel Lopez Obrador

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, propôs neste sábado (24) a criação de novo um órgão de integração para a América Latina, em substituição à Organização dos Estados Americanos (OEA).

“A proposta é, nem mais, nem menos, que construir algo semelhante à União Européia, mas apegado à nossa história, nossa realidade e nossas identidades”, disse López Obrador durante encontro de chanceleres da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

A reunião da Celac, da qual o México é presidente pro tempore, visa encontrar mecanismos para a aquisição de vacinas anticovid-19 para a região.

Mas o presidente esquerdista aproveitou para pedir a substituição da OEA, cujo secretário-geral, o uruguaio Luis Almagro, criticou duramente sua gestão, que considera "uma das piores" da história da organização.

“Nesse espírito, não deve ser descartada a substituição da OEA por um órgão verdadeiramente autônomo, que não seja lacaio de ninguém, mas mediador, a pedido e aceitação das partes em conflito”, disse López Obrador, sem dar detalhes sobre sua proposta.

“Esta é uma questão complexa, que requer uma nova visão política e econômica”, disse o presidente, mas disse que “é uma grande tarefa para bons diplomatas e políticos” na América Latina.

A proposta do presidente mexicano surge em meio à rejeição de Cuba às sanções anunciadas nesta quinta-feira pelos Estados Unidos, entre outras, contra altos funcionários cubanos pela "repressão" às recentes manifestações populares na ilha.

Depois dos protestos de 11 e 12 de julho, López Obrador se manifestou contra qualquer forma de "intervencionismo" na crise cubana e se ofereceu para enviar ajuda humanitária ao país.

O México enviará dois navios com suprimentos médicos, alimentos e gasolina a Cuba neste domingo.

nc/mr/ap

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos