Berlim comenta reeleição de Putin na Rússia e pede diálogo

Berlim, 19 mar (EFE).- O Governo alemão afirmou nesta segunda-feira que "está ciente" dos resultados das eleições russas e ressaltou a necessidade existente de diálogo com o presidente reeleito Vladimir Putin.

Em entrevista coletiva, o porta-voz do Executivo alemão, Steffen Seibert, afirmou que a chanceler, Angela Merkel, "felicitará Putin, como é habitual nesses casos", e escreverá uma mensagem que seguramente abordará também os "desafios" da relação entre os dois países.

"Temos diferenças com a Rússia e também criticamos a política da Rússia de forma muito clara em alguns pontos", como a Ucrânia e "o papel de Moscou em alguns conflitos internacionais" como a Síria, afirmou o porta-voz, ao mesmo tempo que ressaltou a importância para Berlim de manter o contato e o diálogo.

Seibert reiterou que quando há diferenças de opinião, é necessário falar, como ficou "demonstrado" no caso da Ucrânia, "embora não se possa dizer que o problema tenha sido solucionado de maneira satisfatória", acrescentou. EFE