Músicas de Elza Soares tocam 600% mais no dia da morte da cantora: veja gráficos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
68832722_2384717941776641_6273826555040996712_n.jpg
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Uma das maiores cantoras da história do Brasil, Elza Soares morreu nesta última quinta-feira, aos 91 anos, e deixou o público cheio de saudades. Uma prova disso é que as reproduções de suas canções na plataforma de streaming Spotify cresceram mais de 600% no dia da sua morte, indo de cerca de 60 mil na quarta-feira a mais 400 mil.

No número de ouvintes, o perfil de artista da cantora teve pouco mais de o dobro dos 80 mil do dia anterior. Elza morreu de causas naturais e seu corpo foi velado na manhã desta sexta-feira no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

O último disco lançado pela cantor foi "Planeta fome", em 2019. Nos anos anteriores, ela ainda lançou "Deus é mulher", em 2018, e "A mulher do fim do mundo", em 2015.

Veja abaixo os gráficos de crescimento do trabalho da cantora.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos