Músico Roger visita Bolsonaro e diz que pesquisas eleitorais 'nem sempre são confiáveis'

Músico Roger visita Bolsonaro e diz que pesquisas eleitorais 'nem sempre são confiáveis'
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O músico Roger Moreira, do Ultraje a Rigor, fez uma rápida visita ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), no hospital Albert Einstein, na tarde desta terça-feira (11). Segundo ele, foi autorizado pelos filhos do deputado federal e capitão reformado do Exército. Roger contou que percebeu o candidato "corado, falando" e que sua recuperação é "impressionante" pelo ataque que sofreu. "Ele falou que tem muita fé. Por isso, a fé ajudou ele a sustentar, aguentar", afirmou. O músico relatou que conversou brevemente com o candidato -inclusive sobre o Palmeiras, time para o qual Bolsonaro torce- e tirou uma foto com ele. Questionado se, na conversa com o deputados, abordaram os resultados das pesquisas Datafolha e Ibope divulgadas na segunda-feira (10), Roger respondeu que "ele falou que está evitando ver isso". "Tem essa guerra de narrativas. Essas pesquisas por vezes não são muito confiáveis", disse o músico. Ele citou a comoção nas ruas em favor do candidato. "Na minha opinião, é uma chance que a gente tem de mudar, é uma esperança que nós temos. Muita coisa que se diz dele é falsa, que é homofóbico e racista. É um cara decente."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos