MacKenzie Scott, ex de Jeff Bezos investe R$ 4,2 milhões em ONG brasileira

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
MacKenzie Scott é fundadora de uma organização anti-bullying chamada Bystander Revolution. Foto: Reprodução.
MacKenzie Scott é fundadora de uma organização anti-bullying chamada Bystander Revolution. Foto: Reprodução.
  • MacKenzie Scott ajudou ONG que atua na capacitação de profissionais para o setor público;

  • É a primeira vez que investidora atua em organizações fora EUA;

  • Investimento será revertido para incentivar o desenvolvimento de lideranças públicas no país.

Pela primeira vez a ativista e filantropa MacKenzie Scott, ex-esposa do fundador da Amazon, Jeff Bezos investe em uma organização fora dos Estados Unidos. O aporte de R$ 4,2 milhões foi direcionado a uma ONG brasileira, a Vetor Brasil. 

A Organização Não Governamental Vetor Brasil atua na capacitação de profissionais para o setor público. O valor do investimento será revertido para criação de soluções e campanhas para incentivar o desenvolvimento de lideranças públicas no país. 

“Pessoas que lutam contra as desigualdades merecem o centro do palco nas histórias sobre as mudanças que estão criando. Colocar os doadores como protagonistas no progresso social é uma distorção de seu papel. Estamos apenas tentando contribuir com uma fortuna que foi possibilitada por sistemas que precisam de mudança”, disse MacKenzie.

O investimento de 4,2 milhões na Vetor Brasil só foi concretizado após minuciosa consultoria. A avaliação levou em consideração a trajetória, planejamento estratégico, finanças e projetos da ONG. 

“MacKenzie Scott acreditou, confiou e nos deu total liberdade para usar todo o dinheiro onde, como e quando acharmos melhor. Esse modelo irrestrito de investimento em organizações e não em projetos não é comum aqui no Brasil”, afirma Joice Toyota, cofundadora e co-CEO da Vetor Brasil.

MacKenzie foi considerada a mulher mais rica do mundo

Em 2020, a ex-mulher do dono da Amazon, teve fortuna avaliada em 68 bilhões de dólares. O dinheiro vem de ações que ela obteve após um acordo de divórcio fechado em 2019, que deu a ela um quarto das ações de Jeff Bezos, cerca de 4% do total.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos