MAC, obra prima de Oscar Niemeyer, começa a ser alugado para celebrações como casamentos

O MAC, obra-prima de Niemeyer, abriu as portas para celebrações em seu pátio, antes das 9h. Outro dia, uma influenciadora fez, às 5h30m, seu casamento ali e teve muita repercussão. Tudo sem desembolsar um centavo pelo espaço. A direção avisa que não cobra valor em dinheiro, mas contrapartidas: “Computador, equipamento de som, sistema de segurança”.

Para se casar em qualquer espaço tombado ou histórico é muito caro. A utilização do espaço na parte da frente do Cristo Redentor, por exemplo, em horário exclusivo, custa a partir de R$ 25 mil. Há, como se sabe, custos com luz, segurança, funcionários e manutenção. Sem mencionar o valor do uso de imagem de um símbolo histórico e tombado em fotos e vídeos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos