Chegam à Grécia 50 imigrantes por rota marítima incomum no norte

Atenas, 3 mai (EFE).- Um iate com bandeira turca e 53 refugiados a bordo, entre eles 23 crianças, chegou nesta quinta-feira ao litoral nordeste da Grécia, um ponto de entrada completamente afastado da rota habitual de migração.

Segundo a imprensa local, no grupo, composto na sua maioria por iraquianos e sírios, havia 23 crianças em idades compreendidas entre dois e oito anos junto com 19 homens e 11 mulheres.

O iate afundou antes de chegar à praia de Molyvoti, na região nordeste da Trácia.

A rota habitual de entrada são as ilhas do mar Egeu Lesbos, Quios, Kos, Samos e Leros.

Nos últimos meses também se multiplicaram as entradas pela fronteira terrestre com a Turquia, no norte da Grécia, que inclusive superaram as marítimas no mês de abril.

Segundo os últimos dados oficiais, nos primeiros 20 dias de abril entraram na Grécia pela região do rio Evros 2.700 pessoas, contra 2.100 através das ilhas. EFE