Macron consolida favoritismo em corrida eleitoral na França com desempenho combativo em debate

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Michel Rose

PARIS (Reuters) - O presidente da França, Emmanuel Macron, superou um obstáculo importante no caminho para a reeleição com um desempenho combativo em um debate televisivo contra a candidata de extrema-direita Marine Le Pen que convenceu a maioria dos telespectadores, segundo uma pesquisa, ainda que tenha sido considerado arrogante.

Embora Le Pen tenha sido percebida como mais cortês e composta do que em duelo pela Presidência em 2017 também transmitido pela TV, Macron partiu para a ofensiva sobre seus laços com a liderança russa, seus planos para a economia e sua política para a União Europeia.

Faltando apenas quatro dias para a votação decisiva, cerca de 59% dos espectadores acharam que Macron foi o mais convincente no debate, de acordo com uma pesquisa instantânea da BFM TV. O resultado sugere que o confronto de quase três horas não vai alterar o curso da eleição, com Macron aparecendo à frente na corrida eleitoral em todas as pesquisas anteriores.

Enquetes com eleitores têm mostrado um crescimento da vantagem de Macron sobre Le Pen para 56%-44% desde o primeiro turno em 10 de abril, e analistas disseram que o debate não deve mudar as intenções de voto a favor de Le Pen.

Na ofensiva durante a maior parte do debate, Macron desferiu o ataque mais contundente ao abordar um empréstimo ao partido de Le Pen para sua campanha de 2017, contratado por meio de um banco russo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos