Macron: 'Encarnarei a voz da esperança para nosso país e para a Europa'

Emmanuel Macron, vencedor da eleição presidencial francesa, em 23 de abril de 2017 em Paris

O candidato centrista pró-europeu Emmanuel Macron, que liderou o primeiro turno das eleições presidenciais francesas, neste domingo, prometeu que "encarnará a voz da esperança" no segundo turno, em 7 de maio.

"Em vosso nome, encarnarei (...) a voz da esperança para nosso pais e para a Europa", declarou Macron, que disse querer ser "o presidente dos patriotas frente à ameaça dos nacionalistas".

"Em um ano mudamos o rosto da vida política francesa", afirmou este ex-ministro da Economia de François Hollande, que criou seu próprio movimento, "Em Marcha!", "nem de esquerda, nem de direita", há apenas um ano.

"Em um momento em que nosso país atravessa um momento inédito, marcado por terrorismo, desafios econômicos e ecológicos, sofrimentos sociais, respondeu-se da melhor maneira, indo votar maciçamente", afirmou Macron.

A participação destas eleições beirou os 70%, uma das mais altas dos últimos 40 anos.

Macron, que se submeteu pela primeira vez a um sufrágio universal, será disputado o segundo turno das presidenciais com a ultradireitista Marine Le Pen.

Segundo duas pesquisas realizadas neste domingo, Macron derrotaria com folga a candidata da extrema direita, com pelo menos 20 pontos de diferença.