Macron parabeniza presidente eleito da Bolívia, Luis Arce

·1 minuto de leitura
O presidente eleito da Bolívia posa com suas credenciais após recebê-las do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) em La Paz, 28 de outubro de 2020
O presidente eleito da Bolívia posa com suas credenciais após recebê-las do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) em La Paz, 28 de outubro de 2020

O presidente da França, Emmanuel Macron, parabenizou o presidente eleito da Bolívia, Luis Arce, nesta quarta-feira (4) pela vitória nas eleições de 18 de outubro e manifestou a vontade de aprofundar a cooperação, segundo carta divulgada pela embaixada da França em La Paz. 

"O povo boliviano decidiu, incontestavelmente, levá-los aos mais altos cargos do Estado Plurinacional da Bolívia. Desejo expressar a vocês, em meu nome e do povo francês, as mais calorosas felicitações e os mais sinceros votos de êxito no exercício de suas responsabilidades futuras", diz a carta assinada pelo presidente francês. 

A França deseja continuar acompanhando a modernização da Bolívia por meio dos projetos da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e "a mediação de empresas especializadas francesas em áreas como transporte e defesa", acrescenta Macron no texto. 

O Estado francês mantém um programa de assistência à Bolívia de cerca de 500 milhões de euros em diferentes áreas, como água e saneamento, energias renováveis e, por meio do Banco de Desenvolvimento Produtivo Boliviano, de apoio a pequenos empresários. 

No mês passado, a França concedeu à Bolívia um empréstimo de 118 milhões de dólares para financiar bônus estatais para famílias afetadas pela pandemia de covid-19. 

O esquerdista Arce, herdeiro político do ex-presidente Evo Morales (2006-2019), tomará posse no domingo, 8 de novembro, após vencer as eleições com retumbantes 55% dos votos.

str-jac/yo/cc/mvv