Madrugada sangrenta em Caracas

Onze pessoas morreram nos distúrbios registrados entre a noite de quinta-feira e a madrugada de sexta-feira em Caracas, informou a Procuradoria, o que eleva a 20 o número de vítimas fatais em três semanas de protestos violentos contra o governo de Nicolás Maduro.