Mads Mikkelsen relata "teste humilhante" para "Quarteto Fantástico"

Rafael Monteiro
·2 minuto de leitura
Danish actor Mads Mikkelsen at 15th Rome Film Fest. Red carpet Druk. Rome (Italy), October 20th, 2020 (Photo by Marilla Sicilia/Archivio Marilla Sicilia/Mondadori Portfolio via Getty Images)
Mads Mikkelsen posa para os fotógrafos (Photo by Marilla Sicilia/Archivio Marilla Sicilia/Mondadori Portfolio via Getty Images)

Resumo da notícia: 

  • Mads Mikkelsen, astro de "Druk - Mais Uma Rodada", fez um "teste humilhante" para "Quarteto Fantástico" (2005)

  • Em entrevista, o ator contou que decidiu passar pela audição após fazer sucesso como vilão do James Bond em "007 - Casino Royale" (2006)

  • "O tipo de coisa que te leva a perder completamente a sua confiança como ator", lamentou o astro dinamarquês, visto como Kaecilius em "Doutor Estranho", da Marvel

Uma década antes de viver o vilão Kaecilius em "Doutor Estranho" (2016), o ator dinamarquês Mads Mikkelsen teve que passar por uma "audição humilhante" por um papel em outro filme de super-herói: "Quarteto Fantástico" (2005).

Em entrevista ao Vulture, o astro de "Druk - Mais Uma Rodada" (2020), "007 – Casino Royale" (2006) e do próximo "Animais Fantásticos" relembrou a péssima experiência que teve ao se candidatar ao papel de Reed Richards, o Senhor Fantástico.

Leia também:

“Eu tinha um agente americano e ele me disse, ‘Ok, você fez um filme do James Bond. Agora as coisas vão começar a acontecer. Mude-se para os Estados Unidos, converse com algumas pessoas, participe de umas reuniões e faça uns testes’", contou, relembrando o seu personagem Le Chiffre, o primeiro vilão da fase Daniel Craig como 007.

"Eu nem tive tempo para pensar se eram filmes que eu gostaria de fazer, eu apenas fiz todos os testes. Algumas coisas foram interessantes, outras foram o tipo de coisa que te levam a perder completamente a sua confiança como ator", completou o ator de 55 anos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Neste momento, ele falou diretamente sobre "Quarteto Fantástico", um longa até hoje visto como grande fracasso de Hollywood. "Como ficar em pé em um escritório com uma pessoa que está encarando um pedaço de papel e você fingindo que tem braços longos e repetindo uma única fala", continuou o astro. 

"Acho grosseiro você pedir para alguém entrar numa sala e dizer uma única fala enquanto finge que tem braços de 20 metros como se fosse o homem-borracha. ‘Pegue aquela xícara de café’, pensei: ‘Você está maluco? Não tem uma cena aqui’. Chegou a ser humilhante", finalizou.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.