Maduro nomeia chanceler seu embaixador na China e ex-chefe militar ministro do Interior

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, em coletiva de imprensa em 16 de agosto de 2021
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, informou nesta quinta-feira (19) que seu embaixador na China vai assumir como novo chanceler, enquanto o ex-número 2 da Força Armada foi nomeado ministro do Interior.

Maduro anunciou pelo Twitter as mudanças, reacomodando seu gabinete com vistas às eleições regionais de novembro.

"Designei com novo chanceler da República o Licenciado Félix Plasencia. Tem a imensa responsabilidade de continuar o excelente trabalho diplomático desempenhado por Jorge Arreaza. Cada vez mais, façamos triunfar no mundo a nossa Diplomacia de Paz", escreveu o presidente.

Plasencia assumiu a embaixada em Pequim em novembro de 2020. Ele foi antes ministro do Turismo (2019) e vice-ministro da pasta das Relações Exteriores.

Arreaza, que também foi vice-presidente (2013-2016), ocupará agora o ministério de Indústrias e Produção Nacional.

Por outro lado, Maduro nomeou o almirante Remigio Ceballos como novo ministro do Interior, em substituição a Carmen Meléndez, pré-candidata à prefeitura de Caracas nas eleições de 21 de novembro.

"Sua experiência na FANB e grande capacidade ética, moral e lealdade à Pátria, é garantia de estabilidade e Paz", escreveu Maduro sobre Ceballos, que foi até julho o chefe do Comando Estratégico Operacional, o segundo cargo mais importante da Força Armada depois do ministro da Defesa.

No cargo por quatro anos, Ceballos tinha sido sancionado por Estados Unidos, Grã-Bretanha e União Europeia.

Outro militar, William Serantes Pinto, ex-comandante da Marinha, passará a chefiar o ministério de Desenvolvimento Mineiro Ecológico, um setor alvo de múltiplas denúncias de corrupção e imensos danos ao meio ambiente.

Maduro nomeou Yelitze Santaella para a Educação no lugar de Eduardo Piñate, que será candidato do governo no estado de Apure (oeste); e Margaud Godoy para a pasta da Mulher e Igualdade de Gênero.

jt/lda/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos