Maduro pede que Turquia aumente investimentos na Venezuela

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Maduro (d) recebe Cavusoglu no Palácio de Miraflores, em Caracas (AFP/YURI CORTEZ) (YURI CORTEZ)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu nesta sexta-feira que a Turquia, importante aliado econômico e político da Venezuela, aumente os investimentos no país caribenho, que superam 850 milhões de dólares.

"Chegou o momento, chanceler, de expandir o investimento turco" na Venezuela, expressou Maduro em declaração junto ao chanceler da Turquia, Mevlut Cavusoglu, que faz uma visita oficial a Caracas.

Após a assinatura de oito acordos de cooperação em matéria de saúde, economia, esportes e outras áreas, o presidente reiterou que a Venezuela "está se recuperando”, após anos de crise profunda e recessão.

O presidente venezuelano, que mantém suas viagens limitadas em meio às sanções econômicas e à crise em seu país, informou que "muito em breve" visitará a Turquia para acelerar a cooperação mútua.

Cavusoglu chegou ontem a Caracas, acompanhado de uma delegação oficial de 14 membros, para revisar os acordos entre Venezuela e Turquia no âmbito da cooperação mista entre os dois países, iniciada em 2009. A Turquia é um dos principais aliados comerciais da Venezuela, que, após as sanções dos Estados Unidos, fortaleceu suas alianças com países como China, Rússia e Irã.

O chanceler turco reuniu-se com diferentes instituições do Estado e empresários venezuelanos. Maduro aproveitou para parabenizar a Turquia "pelos esforços para a paz junto à Rússia e Ucrânia".

ba/pgf/ag/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos