Mãe bate no filho de 10 anos e chama a polícia para si mesma

·1 minuto de leitura
Após ser agredido pela mãe, menino teve de ser atendido na UPA Venda Nova (Foto: Reprodução/TV Globo)
Após ser agredido pela mãe, menino teve de ser atendido na UPA Venda Nova (Foto: Reprodução/TV Globo)
  • Mulher bateu no filho e afirmou ter se descontrolado após a criança furtar biscoitos do vizinho

  • Após o ocorrido, a mulher ligou para a polícia para denunciar a si mesma

  • Menino ficou com hematomas nas costas e corte na testa

Uma mulher foi levada à delegacia após chamar a polícia e denunciar a si mesma. Ela havia batido no filho e, por isso, ligou para as autoridades. As informações são do portal G1.

Segundo o portal, a mulher, de 30 anos, teria agredido o menino após ele furtar um pacote de biscouto do vizinho. O caso aconteceu no bairro Mantiqueira, em Belo Horizonte.

Leia também:

No boletim de ocorrência, a mulher relatou que o filho estava praticando pequenos furtos na casa de parentes quando ela saía para trabalhar. Por se tratar de família, a polícia não preciso ser envolvida. No entanto, na noite da última quarta-feira (22), o menino foi acusado pelo vizinho de ter roubado os biscoitos.

A mãe disse que se descontrolou, por já ter tentado corrigir a atitude, e bateu no filho com o cabo de rodo. O menino ficou com diversos hematomas nas costas e teve um corte na testa. Segundo o G1, após o ocorrido, a mulher ligou para o 190. Já a criança foi para a rua para pedir socorro.

A polícia alertou o Conselho Tutelar e o menino foi levado a UPA Venda Nova, para receber atendimento médico. A mãe foi levada à Delegacia de Plantão Especializada em Atendimento à Mulher para prestar depoimento.

Ao G1, a Polícia Civil informou que instaurou um procedimento para apurar os fatos. A mulher foi ouvida e liberada. Já a criança vai passar por “escuta especializada nos próximos dias na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente, que dará prosseguimento às investigações”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos