Mãe de Marília Mendonça diz que é atacada por não visitar túmulo da filha

Mãe de Marília Mendonça diz que é atacada por não visitar túmulo da filha (Foto: Reprodução/Instagram/@mariliamendoncacantora)
Mãe de Marília Mendonça diz que é atacada por não visitar túmulo da filha (Foto: Reprodução/Instagram/@mariliamendoncacantora)

Um ano após o acidente que tirou a vida de Marília Mendonça, dona Ruth Moreira, de 54 anos, mãe da cantora, revelou que é criticada pelas pessoas pela forma como ela lida com o luto. A empresária e agora youtuber ainda disse que é atacada por não visitar o túmulo da filha, que foi enterrada no Cemitério Parque Memorial de Goiânia, em Goiânia (GO).

"Ficam me julgando o tempo todo, por me mostrar forte nas redes sociais, mas ninguém sabe a dor que carrego no meu coração. Prefiro chorar com Deus, porque é ele quem me dá força para continuar. As pessoas precisam entender que cada um encara o luto do seu jeito. Não fico julgando outras mães que choram mais. Só quero respeito", declarou dona Ruth em entrevista à Quem.

""Reclamam até que não vou ao cemitério. Ficam me mandando foto do túmulo dela para falar que tenho que ir lá visitar e cuidar. Gente, foram tantas coisas para resolver e tantas responsabilidades que ganhei depois que a minha filha partiu. Fiz tudo por ela em vida", acrescentou. Ela ainda disse que, atualmente, procura focar no filho, Gustavo, e no neto, Léo, de dois anos, filho de Marília com o cantor Murilo Huff.

Morte de Marília Mendonça

Marília Mendonça morreu no dia 5 de novembro de 2021, quando estava a caminho de Caratinga, onde faria um show. O avião bimotor de pequeno porte que transportava a cantora e mais quatro pessoas caiu em uma cachoeira.

Além da sertaneja, morreram no acidente o piloto, Geraldo Medeiros; o copiloto, Tarciso Viana; o produtor Henrique Ribeiro; e o tio da cantora, que trabalhava como seu assessor, Abicieli Silveira Dias Filho.

De acordo com a Polícia Civil, os laudos concluíram que a cantora Marília Mendonça morreu de politraumatismo contuso durante a queda do avião, que matou também outras quatro pessoas.

Os dados da necrópsia feita nos corpos foram juntadas à investigação que é conduzida pelo órgão para definir como o acidente aconteceu. Morte por politraumatismo acontece em casos em que há várias lesões em órgãos vitais, que significa que os passageiros morreram em consequência do choque do avião com o solo.

O corpo de Marília e do tio foram velados em Goiânia. O velório dos dois foi aberto ao público e cerca de 100 mil pessoas participaram da despedida da artista.