Mãe diz que filha de 7 anos foi estuprada na casa de amiga por homem com HIV

Mãe denunciou que filha foi estuprada na casa de amiga - Foto: Getty Images
Mãe denunciou que filha foi estuprada na casa de amiga - Foto: Getty Images
  • Mãe denunciou que filha foi estuprada na casa de uma amiga em Brusque

  • Segundo a denúncia, o responsável pelo crime é HIV positivo

  • A polícia abriu inquérito e está investigando o caso

A Polícia Civil de Santa Catarina investiga a denúncia feita por uma mãe de que sua filha, de apenas 7 anos, teria sido estuprada por um homem na casa de uma amiga, na cidade de Brusque.

Segundo a denúncia, o crime teria sido cometido na última terça-feira (16). A mulher deixou a criança na casa da amiga para poder ir trabalhar e voltou para buscá-la no dia seguinte.

De acordo com a denúncia, a mãe percebeu a garota mais calada e passou a questioná-la se havia acontecido algo. A criança, então, afirmou que havia sido vítima de violência sexual por parte de um homem que estava na residência.

A mulher procurou a Polícia Militar, registrou a ocorrência e, acompanhada de agentes, levou a menina a um hospital para realização de exames, que comprovaram a existência de ferimentos nas partes íntimas.

Ainda segundo a mãe, o responsável pelo crime é HIV positivo. A polícia, porém, não confirmou a informação.

Suspeito foi localizado

Um inquérito foi aberto na última quinta (18), e o homem apontado como suspeito foi identificado e localizado no bairro Águas Claras, em Brusque. A prisão, porém, não foi efetuada porque não havia mais situação de flagrante.

Após a comprovação da violência sofrida pela criança, o Conselho Tutelar foi acionado e está acompanhando a família.

O que é abuso sexual infantil?

O código Penal brasileiro prevê que o abuso infantil é todo envolvimento de uma criança em uma atividade sexual na qual ela não compreende. Por não entender a situação, a criança não está apta a se defender e, tampouco, informar consentimento.

O abuso infantil ainda é uma realidade brasileira, e de acordo com dados do Disque 100 em 2019, pelo menos 17 mil denúncias foram feitas.

Vale ressaltar que nem sempre a criança entende a situação, e permanece em silêncio, vindo a comentar sobre o crime apenas na idade adulta.

Se enquadram neste crime as modalidades: pedofilia, violência sexual, abuso sexual e exploração sexual.

Contatos para denunciar abuso sexual infantil:

  • Disque 100

  • Ouvidoria Online

  • Proteja Brasil

Disque 100

Bem como nos casos de homofobia e racismo, as denúncias de abuso infantil podem ser feitas anonimamente por meio do número 100 no telefone. Vale lembrar que todos os relatos são encaminhados para órgãos de investigação competentes.

Ouvidoria Online

Por meio do link: https://www.gov.br/mdh/pt-br/ondh/, o usuário pode preencher um formulário que será encaminhado para a central de atendimento do Disque 100.

Proteja Brasil

Trata-se de um aplicativo que pode ser instalado gratuitamente no telefone de um usuário. Por meio de um formulário, o indivíduo pode realizar a denúncia, que também será encaminhada para a mesma central do Disque 100.