Mãe e padrasto são presos por agredir e torturar garotos de 14 e 11 anos em SP

Casal foi preso por agredir garotos - Foto: Getty Images
Casal foi preso por agredir garotos - Foto: Getty Images
  • Casal foi preso por agredir garotos de 14 e 11 anos no interior de São Paulo

  • Mãe e padrasto confessaram o crime e admitiram que usavam mangueira, cinto e madeira nos ataques

  • Eles foram levados para cadeias da região

Um casal foi preso na última quinta-feira (23) em Araçariguama, interior de São Paulo, acusado de agredir e torturar dois garotos, de 14 e 11 anos, filhos da mulher e enteados do homem.

Segundo informações do G1, eles eram investigados desde maio, quando a polícia local recebeu a denúncia sobre os maus-tratos contra os meninos.

A mãe, de 35 anos, e o padrasto, de 48, confessaram o crime após a detenção. Eles relataram que agrediam as vítimas com cinto, mangueira e até pedaços de madeira.

O padrasto relatou que os ataques eram considerados “castigos” para quando os jovens desobedeciam. Um deles era deixado sem comida nestas ocasiões.

Já a mãe afirmou que agia quando perdia a paciência com os garotos. Ela é mãe de outros quatro filhos.

Garotos passaram por avaliação médica

Os meninos foram avaliados por um médico da cidade, que verificou diversas marcas, cicatrizes e hematomas pelos corpos. Após as agressões, eles não eram levados para o hospital, recebendo apenas uma pomada para passar nas feridas.

O padrasto das vítimas foi levado à cadeia transitória de São Roque, enquanto a mãe foi conduzida à cadeia feminina de Votorantim. Não foi revelado o destino dos garotos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos