Magalu e camiseta da seleção: Black Friday é marcada por queixas e golpes

Compradores estão sendo enganados por sites falsos na Black Friday (Getty Image)
Compradores estão sendo enganados por sites falsos na Black Friday (Getty Image)
  • Black Friday conta com golpes e sites falsos;

  • Site falso do Magazine Luiza enganou consumidores;

  • Reclame Aqui já registra diversas reclamações sobre a data.

A Black Friday nem chegou ao fim ainda e o site Reclame Aqui já começou a receber reclamações sobre irregularidades, golpes e sites falsos.

O site da rede varejista Magazine Luiza foi um dos principais alvos dos criminosos. Na plataforma de denúncias, consumidores apontam que foram enganados por páginas falsas que se passavam pela empresa.

"Estava pesquisando uma máquina de lavar, e achei através do Google um site que se dizia da 'Magalu', com preço acessível, porém o site era falso. Não me atentei, pois era tão idêntico ao original que não desconfiei", contou um consumidor.

"No fim, comprei a suposta máquina e, após isso, achei estranho não ter chegado nada no meu email, nenhuma mensagem. Fui pesquisar mais a fundo e me deparei com outras reclamações de outras pessoas. Não comprem neste site, se atentem mais aos detalhes do site", reforçou.

Outro cliente disseque estava fazendo pesquisas para comprar um fogão e que digitou o nome Magalu na busca. "Porém, nas pesquisas, apareceu um site que achei muito estranho, principalmente porque o preço está 50% menor que o outro site da Magalu. Tô achando que pode ser um site fake. Entendo que é importante deixar público no RA para alertar os demais consumidores", afirmou.

Nos dois casos descritos na plataforma de reclamações, os links saíram do ar.

A Magalu mandou a seguinte nota ao Yahoo Finanças:

O Magalu informa que mantém processos estruturados e ininterruptos para combater fraudes e o uso indevido de suas marcas. A empresa adota tecnologia de ponta e dispõe de mecanismos em seus canais digitais para assegurar aos clientes uma compra 100% segura. Em períodos como a Black Friday, esse monitoramento é reforçado, com o aumento dos times de Tecnologia e Segurança da Informação. Sites fraudulentos que usam a marca da empresa são derrubados imediatamente após identificação ou denúncia.
O Magalu orienta os consumidores a, antes de realizarem qualquer compra, conferir se o site acessado na internet é o
www.magazineluiza.com.br e se existe o símbolo de cadeado ao lado do link na barra de endereços. No caso de pagamento por meio de boletos ou PIX, é importante observar se no campo "Beneficiário" consta o nome correto da empresa — Magazine Luiza S\A — acompanhado do seu CNPJ — 47.960.950/0001-21. Se algum desses dados não aparecer ou não estiver correto, o comprador deve abortar o pagamento e entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente pelo 0800 310 0002. O site do Magalu oferece um Manual de Segurança (https://especiais.magazineluiza.com.br/seguranca/), no qual é possível se informar sobre práticas que ajudam a manter os dados protegidos e a ter uma experiência de compra mais segura.

Camisetas da seleção

Já a loja loja 2RStore, que anunciou a comercialização de camisas oficiais da seleção brasileira de futebol, atrasou entregas ou enviou o produto errado. Cadastrada há 16 dias no Reclame Aqui, a companhia já conta com mais de 800 reclamações.

O Reclame Aqui orienta que os usuários se atentem a links com caracteres diferentes ou que trocam letras por números. Esses podem ser indícios de que o site é fraudulento.