Magazine Luíza também fecha lojas físicas em meio a crise de coronavírus

Foto: REUTERS/Paulo Whitaker

Magazine Luíza é a mais nova varejista a entrar para a lista das redes que decidiram fechar todas as suas lojas físicas no Brasil para incentivar o isolamento social e a quarentena de brasileiros durante a pandemia de coronavírus que se espalha pelo País.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

No último fim de semana, a concorrente Via Varejo, dona de Casas Bahia e Ponto Frio, também decidiu fechar todas as suas lojas físicas. Assim como a rival, a Magazine Luíza também vai manter o comércio digital em funcionamento normal.

Leia também

O fechamento das lojas físicas não tem data para terminar. No e-commerce, a varejista também está oferecendo frete grátis para compras de álcool-gel e outros produtos de limpeza e higiene pessoal, parte de uma recém-criada categoria específica para produtos de quarentena, incluindo itens básicos, ferramentas de home office e brinquedos para crianças.

A empresa disse a acionistas, segundo o Valor, que não sabe ainda qual será o impacto da crise em suas finanças, mas garantiu ter uma "forte estrutura de capital", tendo encerrado o quarto trimestre de 2019 com mais de R$ 7 bilhões em caixa, somados recebíveis.

Nos últimos dias, Riachuelo, Marisa e Lojas Renner, além do Burger King e Via Varejo, anunciaram o fechamento por tempo indeterminado de todas as suas lojas no Brasil e, em alguns casos, outros países da América Latina.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.