Bilionário quer construir primeiro navio movido a amônia

·1 min de leitura
Bilionário da mineração Andrew Forrest disse que pretende criar o primeiro navio movido a amônia do mundo antes do final do ano que vem. (REUTERS/David Gray)
  • Bilionário da mineração quer criar um navio de carga com combustível de amônia

  • Andrew Forest prometeu converter os 100 navios da sua empresa até o final da década

  • Ativista diz acreditar, mas ainda não quer ‘apostar todas as fichas’

O bilionário da mineração Andrew Forrest disse que pretende criar o primeiro navio movido a amônia do mundo antes do final do ano que vem, parte de um plano ambicioso para operar toda a frota de sua empresa com uma versão livre de carbono do combustível.

Leia também

“Este é apenas o primeiro”, disse Forrest, presidente e fundador do Fortescue Metals Group, em uma entrevista. “Temos cerca de 100 navios na água e estaremos convertendo todos os nossos próprios navios em amônia verde na primeira oportunidade possível, bem nesta década.”

O navio em si é minúsculo, com uma capacidade de transporte inferior a um centésimo do tamanho de alguns dos maiores transportadores de mercadorias a granel do mundo. A amônia é considerada um substituto mais limpo e possível no futuro para os combustíveis marítimos derivados do petróleo que abastecem quase exclusivamente os navios hoje.

Ativista diz acreditar, mas ainda não quer ‘apostar todas as fichas’

O ativista do hidrogênio Simon Holmes acredita que Forrest é sincero e confiou no bilionário 'cautelosamente’, após postar o vídeo do chefe da mineração com o comentário: “Acho que é um momento importante no tempo”.

“Um dos empresários mais bem-sucedidos da Austrália, com uma história significativa em combustíveis fósseis, veio a público para mostrar para onde está indo o' dinheiro inteligente'”. Mas o analista climático Ketan Joshi estava menos convencido e afirmou que Forrest estava exagerando o impacto do hidrogênio verde.

“Você está inflando demais o caso de uso do hidrogênio para ganho pessoal, mesmo que isso aconteça ao custo de emissões piores e subestimando as alternativas”, disse ele. “Você também está construindo infraestrutura de combustível fóssil, o que é muito ruim”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos