Maia diz que aprovação da reforma tributária pode adicionar 1 ponto percentual ao PIB

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou a defender nesta terça-feira a aprovação de reformas econômicas, como a tributária e a administrativa, mas ponderou que uma solução para a crise não pode ficar a cargo apenas do Parlamento.

Segundo ele, a reorganização do sistema tributário pode resultar em um aumento de um ponto percentual no Produto Interno Bruto (PIB).

Maia afirmou ainda que parte da culpa pelo baixo crescimento se deve aos conflitos entre Executivo e Legislativo.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)