Maia ironiza Bolsonaro após troca na Petrobras: "Vai demitir Ernesto e Salles?"

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
BRASILIA, BRAZIL - AUGUST 12: Rodrigo Maia, president of Brazil's Lower House, and Jair Bolsonaro President of Brazil makes a pronouncement reaffirming his commitment to the government spending ceiling amidst the coronavirus (COVID-19) pandemic at the Alvorada Palace on August 12, 2020 in Brasilia. President of the Senate Davi Alcolumbre, Economy Minister Paulo Guedes and parliamentarians and ministers accompanied. Brazil has over 3.164,000 confirmed positive cases of Coronavirus and has over 104,201 deaths. (Photo by Andressa Anholete/Getty Images)

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ironizou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que prometeu mais mudanças após a troca do comando da Petrobras. Na última sexta-feira (19), o general Joaquim Silva e Luna foi indicado para a chefia da estatal no lugar de Roberto Castello Branco.

“Se a imprensa está preocupada com a troca de ontem, semana que vem teremos mais. O que não falta para mim é coragem para decidir, pensando no bem maior para nossa nação”, disse Bolsonaro.

Leia também

Em resposta irônica, Maia sugeriu que as próximas mudanças do mandatário serão em sua equipe ministerial: Será que ele vai demitir os ministros Ernesto e Salles?!!! com a saída de Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Ricardo Salles (Meio Ambiente).

A troca do comando da petroleira dependerá do aval do conselho de administração da empresa. Na noite de ontem, o Ministério de Minas e Energia enviou ofício à Petrobras solicitando a convocação de uma assembleia geral de acionistas para efetivar a mudança indicada por Bolsonaro.

Ao longo da semana, as falas de Bolsonaro indicando que poderia trocar o comando da Petrobras derrubaram as ações da empresa no país e em bolsas do exterior.

Com informações do portal UOL.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.