Maiores campeões da Libertadores são argentinos; veja ranking

·1 min de leitura

A Libertadores 2021 marca o terceiro título seguido de uma equipe brasileira. Mas a hegemonia ainda é dos hermanos. E está longe de ser superada. A lista dos maiores campeões do torneio segue com dois argentinos no topo sem serem ameaçados.

O Independiente, com sete conquistas, é até hoje o recordista de taças. Uma hegemonia construída basicamente nos anos 1960 e 1970, com o último título sendo conquistado em 1984. Desde então, o Boca Juniors conseguiu se aproximar. Hoje, é o segundo maior vencedor da Libertadores, tendo sido campeão em seis edições.

O Peñarol, do Uruguai, com cinco taças e a dupla argentina River Plate e Estudiantes, com quatro cada, completam o top-5. Os brasileiros com mais títulos somam três cada um: Santos, São Paulo e Grêmio. Flamengo ou Palmeiras, que decidem a edição deste ano, irão se juntar a eles.

Por países, o domínio também é argentino. Os hermanos somam 25 conquistas contra 20 de equipes brasileiras. Neste século, entretanto, a vantagem se inverte. Os clubes do Brasil somam nove taças contra sete de seus vizinhos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos