Maioria dos britânicos lamenta o Brexit, diz pesquisa

Manifestante enrolado na bandeira da União Europeia protesta em Londres, em 13 de março de 2017

A maioria dos britânicos lamenta pela primeira vez o resultado do referendo de 23 de junho de 2016 a favor da saída da União Europeia (UE), indica uma pesquisa YouGov publicada nesta quinta-feira pelo jornal The Times.

À pergunta "Acha que o Reino Unido teve razão ou se equivocou ao votar em deixar a UE?", 45% das pessoas entrevistadas disseram lamentar o Brexit. Outras 43% aprovam a saída e 12% estão indecisas.

A pesquisa foi realizada na terça e quarta-feira com uma amostra de 1.590 adultos.

"É a primeira vez que uma maioria diz que o referendo terminou com um resultado ruim", ressalta o The Times, estimando que a questão "ainda divide o país".

A pesquisa também indica que 85% das pessoas que votaram para deixar a UE seguem satisfeitas com sua escolha, enquanto 89% dos pró-europeus pensam ainda hoje que o referendo deveria ter terminado com um resultado diferente.

Quanto às consequências econômicas, 39% dos entrevistados acreditam que o Reino Unido fora da UE terá uma situação pior que dentro da UE. E 28% acreditam que, pelo contrário, as finanças do país melhorarão.

Além disso, 36% dos britânicos pensam que seu país terá menos influência no mundo após o Brexit, enquanto 19% acreditam que terá mais influência.

No referendo de 23 de junho, 52% dos eleitores britânicos se pronunciaram a favor da saída do país da União Europeia.