Maíra Charken diz que é cobrada por desmame do filho de 4 anos: "Desde os 6 meses"

·2 minuto de leitura
Maíra Charken e o filho, Gael. Foto: reprodução/Instagram/mairacharken
Maíra Charken e o filho, Gael. Foto: reprodução/Instagram/mairacharken

Resumo da notícia

  • Maíra Charken conta que não quer ceder à pressão para desmamar o filho, Gael

  • Ela diz que é cobrada desde que a criança tinha 6 meses de idade

  • Atriz conversou com ele, que completa em breve 4 anos, para que ele decida o momento de parar

Maíra Charken conta que não tem um prazo para deixar de amamentar o filho, Gael, que completa em outubro 4 anos. Segundo a atriz, no entanto, que mostra um pouco do dia a dia com o menino nas redes sociais, a pressão para que isso aconteça já ocorre há bastante tempo, mas ela permanece firme no propósito de priorizar o bem-estar da criança.

“O desmame não aconteceu ainda, mas é algo que me perguntam desde que ele tinha 6 meses, quando a amamentação deixou de ser exclusiva e passamos a inserir os alimentos sólidos na dieta dele. As pessoas têm essa pressa pelo desmame desde então", contou ela em entrevista à revista "Quem".

Leia também:

À publicação, Maíra reconhece que também percebe um movimento que defende o desmame natural. "Vejo histórias de mães que deram o peito até os 8 anos. Espero que não chegue a tanto (risos), mas é aquela coisa de amor e ódio. Tem vezes que você pensa: 'Quero estar livre', mas ao mesmo tempo é muito gostosa essa conexão que a amamentação possibilita", afirmou.

Há pouco tempo, o próprio Gael declarou, para surpresa da mãe: "Estou crescido e não vou mamar mais". Receosa de que a decisão não fosse totalmente espontânea, a atriz resolveu conversar com o menino para entender suas razões.

"Às vezes ele pode ter escutado alguém falar que 'quem mama é bebezinho'. Então, disse para ele: 'Você mama se você quiser. O peito é meu, mas o mama é seu. Se você está parando porque realmente quer, tudo bem, mas não se sinta obrigado a parar'", disse. 

Depois de alguns dias, o filho voltou atrás. "Ele me disse: 'Vou mamar só mais um pouquinho'. Então seguimos na amamentação", afirmou Maíra. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos