Mais de 1.700 inativos da Prefeitura do Rio estão com o pagamento suspenso

Camilla Pontes
Previ-Rio explicou que benefícios não são cancelados

Terminou em outubro deste ano o período para aposentados e pensionistas da Prefeitura do Rio realizarem a prova de vida. Ao todo, 1.178 inativos estão com o pagamento suspenso por não terem feito o procedimento, segundo os dados do Instituto de Previdência e Assistência (Previ-Rio).

A atualização cadastral de 2019 começou em janeiro, com as convocações feitas de acordo com o número da matrícula. O instituto afirma que os benefícios (aposentadorias e pensões) não são cancelados, e podem voltar a ser pagos após o titular comparecer a uma agência do Santander para fazer a prova de vida. É preciso apresentar o documento de identidade original com foto e o CPF.

O procedimento não pode ser feito por procuração. Caso o titular não possa comparecer ao banco, deve ligar para o Disque Servidor (21-2599-4746), ou ir à central de atendimento do Previ-Rio, localizado no térreo do bloco 2 da sede da Prefeitura, na Cidade Nova.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263).