Mais de 145 mil pessoas já foram vacinadas contra a Covid em SP

FÁBIO MUNHOZ
·1 minuto de leitura
SÃO PAULO , SP, 25.01.2021 - EVENTO-VACINA-SP - O governador de São Paulo, João Doria, recebe os ex-presidentes da República Fernando Henrique Cardoso e, on-line, José Sarney e Michel Temer, para um ato em defesa da vida e da importância da vacina contra o novo coronavírus, durante o aniversário da cidade de São Paulo, nesta segunda-feira (25), no Palácio dos Bandeirantes. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)
SÃO PAULO , SP, 25.01.2021 - EVENTO-VACINA-SP - O governador de São Paulo, João Doria, recebe os ex-presidentes da República Fernando Henrique Cardoso e, on-line, José Sarney e Michel Temer, para um ato em defesa da vida e da importância da vacina contra o novo coronavírus, durante o aniversário da cidade de São Paulo, nesta segunda-feira (25), no Palácio dos Bandeirantes. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Oito dias após o início da vacinação contra a Covid-19 no Brasil, mais de 145 mil pessoas já receberam a primeira dose do imunizante contra o novo coronavírus no estado de São Paulo até o fim da tarde desta segunda-feira (25).

Os dados são do Vacinômetro, plataforma lançada pelo governo de São Paulo, gestão João Doria (PSDB), que mostra em tempo real o número de pessoas imunizadas no estado. A quantidade exata de cidadãos vacinados era de 146.339 até as 17h10.

Na comparação com o número de pessoas que moram em São Paulo, a quantidade de vacinados equivale a pouco mais de 0,316% da população paulista. Isso quer dizer que, a cada 100 mil moradores, 316 receberam a primeira dose do imunizante.

Neste primeiro momento da campanha, estão sendo priorizados os profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate ao novo coronavírus. Também estão sendo aplicadas doses em indígenas, quilombolas e pessoas com mais de 60 anos residentes em instituições de longa permanência.

A vacinação em São Paulo começou no último dia 17 com a aplicação de doses da Coronavac, imunizante desenvolvido em parceria entre o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac.

Nesta segunda, o governo paulista iniciou a distribuição de 501 mil doses da vacina produzida pelo laboratório AstraZeneca e pela universidade de Oxford, no Reino Unido, em parceria com a Fiocruz.

A Secretaria de Estado da Saúde diz já ter enviado 690 mil doses das vacinas contra a Covid-19 na semana passada para todos os Grupos de Vigilância Epidemiológica de São Paulo, que irão atender aos 645 municípios paulistas.