Mais de 30 blocos tomam as ruas do Rio na abertura do carnaval não oficial

Mais de 30 blocos saem neste domingo, pelo Centro e Zona Portuária do Rio na "Abertura do Carnaval Não Oficial". O evento, que não acontecia há dois anos por causa da pandemia de Covid-19, é capitaneado pelo movimento Desliga dos Blocos e tem como principal estrela o Cordão do Boi Tolo. A lista, com 34 grupos, inclui velhos conhecidos e também novidades, como o Bloco do Zeca, que desfila pela primeira vez, homenageando Zeca Pagodinho

A pedagoga Deise Nunes, de 46 anos, e o ferroviário Fausto Santana, 42 anos, moram em Bangu, na Zona Oeste e tradicionalmente saem para curtir o carnaval não oficial. O casal, que se conheceu no bloco Amores Líquidos há mais de três anos, voltam ao local onde tudo começou com a expectativa de uma festa mais organizada e alegre.

— A minha expectativa é a melhor. Eu adoro isso aqui. Adoro carnaval. O centro da cidade é a minha casa de praia. Minha expectativa é aquela do grito guardado de dois anos de pandemia. Saímos no carnaval não oficial ano passado, mas ainda tinha aquela coisa do medo e a falta de estrutura. Esse ano eu espero que tudo seja lindo — pontuou Deise.

Guilherme Santos, 33 anos, é regente do bloco que foi criado em 2019 para falar das relações de amor:

— Somos um grupo de amigos. A gente era dos Amigos da Onça e resolvemos montar um bloco. O que nos uniu foi o amor. A gente não queria ser um bloco temático de ritmo ou de artista, então escolhemos o "amor" como tema principal. Por isso, o nome Amores Líquidos que tem ligação com as relações e também com a bebida que não pode faltar — afirma Guilherme que conheceu a esposa, Cássia Souza, há dois anos com quem espera o primeiro filho.

— Eu me sinto muito feliz porque a gente viu o bloco nascer e agora vamos ver o nascimento do nosso primeiro filho que vai chegar na semana do carnaval. A gente já fez muita coisa junto no carnaval e esse bloco traduz isso. Todo nosso amor — alegrou-se Cássia, de 34 anos.

Viaturas do Centro Presente estão acompanhando os blocos Amor Líquido e Bloco do Zeca na Rua Sacadora Cabral. O clima é de tranquilidade e alegria. Muitos fuliões estão achando esse aquecimento do carnaval mais tranquilo do que foi o carnaval fora de época do ano passado.