Mais de 60% dos israelenses preferem que Trump seja reeleito

·1 minuto de leitura
Filiados ao partido de direita israelense, Likud, e apoiadores do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, participam de ato antes das eleições americanas, em Beit Shemesh, Israel, 2 de novembro de 2020
Filiados ao partido de direita israelense, Likud, e apoiadores do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, participam de ato antes das eleições americanas, em Beit Shemesh, Israel, 2 de novembro de 2020

Mais de 60% dos israelenses consideram que um segundo mandato de Donald Trump nos Estados Unidos é preferível a uma vitória do seu adversário, Joe Biden, segundo uma pesquisa publicada nesta segunda-feira (2), um dia antes da eleição americana.

Segundo esta consulta, realizada pelo Instituto Democrático de Israel (IDI), centro de análises de Jerusalém, 63% dos israelenses, dos quais 70% judeus, consideram que uma vitória do presidente republicano é melhor para o Estado hebreu.

Ao contrário, seu adversário democrata, que aparece à frente nas pesquisas americanas, obtém apenas 17% de apoio entre os israelenses, enquanto 20% dos entrevistados não expressaram preferência, de acordo com pesquisa do IDI.

Segundo consulta realizada pela emissora internacional I24 News, com sede em Tel-Aviv, e publicada em meados de outubro, 63% dos israelenses consideravam que Donald Trump seria um presidente mais favorável a Israel.

A popularidade de Donald Trump no eleitorado judaico parece se apoiar "em grande parte na percepção de que a eleição de Biden fragilizaria as relações entre Estados Unidos e os palestinos", destaca o Instituto Democrático de Israel.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirma com frequência que Trump é o "melhor amigo" de Israel.

mib-gl/feb/eg/mb/mvv