Mais de 800 mil pessoas já migraram para modalidade do saque-aniversário do FGTS

Marcello Corrêa
Plataforma para acesso ao FGTS: consulta de saldo pode ser feita por aplicativo

BRASÍLIA — O Ministério da Economia informou nesta terça-feira que mais de 823 mil pessoas aderiram ao chamado saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A nova modalidade, criada neste ano pelo governo federal, permitirá que os trabalhadores retirem, anualmente, parte do dinheiro que têm em suas contas vinculadas. Em contrapartida, eles abrirão mão do direito de sacar todo o saldo em caso de demissão sem justa causa. Essa retirada ano a ano será permitida a partir de abril de 2020, mas os interessados já podem aderir.

A migração para o novo modelo começou no dia 1º de outubro e é opcional. Os trabalhadores que já optaram pelo regime movimentam, juntos, mais de 2,9 milhões de contas. Esse número representa cerca de 1% das 272 milhões de contas do FGTS com saldos disponíveis hoje, segundo o balanço oficial mais recente, do fim de 2018.

Os dados foram apresentados durante um evento em comemoração aos 27 anos da Secretaria de Política Econômica (SPE), responsável por formular a medida provisória que criou as novas regras do FGTS.

— Esse sistema é tão bom, que os trabalhadores estão migrando agora. Eles estão migrando no volume de 15 mil (adesões) ao dia — disse o secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida.

Leia mais:

Confira também:

Segundo Sachsida, os dados foram repassados ao Ministério da Economia na noite de segunda-feira, dia 18. De acordo com o balanço, os trabalhadores que optaram pelo saque-aniversário sacarão, no ano que vem, R$ 1,1 bilhão de suas contas. Como a nova legislação também permite que os cotistas usem o saque-aniversário como garantia para obter empréstimos, o secretário frisou que o valor deve ajudar a impulsionar o mercado de crédito.

— Esse valor já é metade do (saldo) do crédito consignado privado — pontuou.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263).