Mais de 4.500 mortos em 24h: Índia bate marca dos EUA e registra recorde de óbitos por Covid-19

·2 minuto de leitura
Índia sofre com escalada de mortes pela Covid-19 (Sonu Mehta/Hindustan Times via Getty Images)
Índia sofre com escalada de mortes pela Covid-19 (Sonu Mehta/Hindustan Times via Getty Images)
  • Índia registrou 4.529 mortes por Covid-19 apenas na última terça-feira

  • O número é o novo recorde mundial de óbitos pela doença em 24 horas

  • País se tornou epicentro do vírus e tem enfrentado uma grave crise sanitária

A Índia registrou o recorde mundial de mortos pela Covid-19 em 24 horas. Apenas na última terça-feira, foram registrados 4.529 óbitos causados pela doença, maior marca de um país em apenas um dia desde o início da pandemia.

O recorde é o ponto mais alto da crise da Covid-19 na Índia, que tornou-se o epicentro mundial da doença nas últimas semanas. Este foi o terceiro dia consecutivo que o país bateu a própria marca de maior número de mortes pelo vírus em 24 horas.

Leia também

Desta vez, porém, registrou um número nunca antes alcançado por um país em apenas um dia. O antigo recorde pertencia aos Estados Unidos, que em janeiro, quando vivia o auge da crise sanitária pela doença, teve 4.475 mortes no dia 12.

O Brasil, por exemplo, registrou 2.513 óbitos na terça-feira. Em seu pior momento na pandemia, no dia 8 de abril, marcou 4.249, seu maior número em toda a pandemia até o momento.

Índia tem feito cremações coletivas para lidar com número de corpos (Waseem Andrabi/Hindustan Times via Getty Images)
Índia tem feito cremações coletivas para lidar com número de corpos (Waseem Andrabi/Hindustan Times via Getty Images)

Com as mais de 4,5 mil mortes de terça-feira, a Índia chegou a um total de 283.248. Especialistas, porém, alertam para a subnotificação de óbitos no país. À frente dos indianos, apenas Brasil, com 439.050 mortes, e Estados Unidos, com 587.219.

Apesar do recorde de óbitos, a Índia segue registrando baixa em novos casos diários. Depois do pico do início do mês, quando chegou a 414.188 no dia 6, o número vem caindo e chegou a 267.334 na terça-feira.

Índia enfrenta momento calamitoso

A Índia vive situação dramática e se tornou epicentro da Covid-19 no mundo. São tantas mortes que o sistema funerário do país não tem dado conta. Além das cremações coletivas, corpos têm sido arremessados no rio Ganges.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos