Mais de metade dos americanos dizem que Trump deve ser retirado do cargo após invasão

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos na tarde de quarta-feira (6) mostra que 51% dos entrevistados defendem que o presidente Donald Trump seja imediatamente retirado da Presidência por promover a invasão do Capitólio. Aqueles que afirmam que o episódio foi uma tentativa de golpe de Estado também são 51%, segundo o levantamento. Apenas 19% dizem apoiar os protestos de quarta, contra 70% que desaprovam as ações dos manifestantes. Embora a atuação da Polícia do Capitólio e das demais forças de segurança que atuaram para conter a invasão tenha recebido críticas, 59% consideram que elas agiram de forma correta —74% dos entrevistados afirmam que os invasores devem ser presos. A pesquisa foi realizada entre 17:30h e 21h (19:30h e 23h em Brasília) de quarta-feira. Uma amostra de 500 adultos com idades entre 18 e 65 anos dos EUA respondeu ao questionário de forma online. O intervalo de confiança é de mais ou menos 5 pontos percentuais para todos entrevistados.