Mais um golpe do Pix: quadrilha usou OLX e roubou R$ 100 mil de vítimas

·1 minuto de leitura
  • Suspeitos negociavam venda de carros e motos pela OLX, roubando cerca de R$ 100 mil;

  • Quando os compradores chegavam ao local indicado no anúncio, eram obrigados a transferir altos valores;

  • De acordo o dfndr, os seis primeiros meses de 2021 foram registrados 2,3 milhões golpes no Brasil.

O Ministério Público de São Paulo e a Polícia Militar prenderam suspeitos de sequestrar e obrigar pessoas a fazerem transferências por Pix em Itaquaquecetuba (SP). Em três meses, os suspeitos teriam negociado venda de carros e motos pelo site OLX, roubando cerca de R$ 100 mil de mais de 20 vítimas. 

Quando os compradores chegavam ao local indicado no anúncio de internet, eram obrigados a transferir altos valores para o grupo e tinham o celular roubado, segundo o Ministério Público.

Leia também:

Em nota, A OLX esclarece que não recebeu evidências de que os casos tenham ocorrido na plataforma e reforça que está à disposição das autoridades para colaborar na apuração dos fatos. (...) Caso o usuário perceba que nossas políticas estão sendo infringidas, contamos também com a sua denúncia para investigar anúncios irregulares e removê-los. 

De acordo o dfndr, laboratório da Psafe especializado em segurança digital, nos seis primeiros meses de 2021 foram registrados 2,3 milhões golpes no Brasil, o que é referente a ocorrência de um novo golpe financeiro a cada 6 segundos. 

A maioria desses golpes ocorrem através de links maliciosos enviados por SMS, onde os criminosos se passam por agências bancárias ou instituições financeiras exigindo algum tipo de cadastro que inclua dados bancários.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos