Mais uma empresa de cripto vai à lona: Celsius pede recuperação judicial

A plataforma de criptoativos Celsius é mais uma empresa deste setor a entrar em colapso. Com mais de 100 mil credores, a empresa, que atua com empréstimos de criptomoedas, entrou com pedido de recuperação judicial numa corte de Nova York na quarta-feira à noite.

Coluna Capital: Os gestores brasileiros que estão lucrando alto com criptomoedas em meio ao colapso

Lamborghini e jóias: Pirâmide de criptomoedas de brasileiros bancou luxos, diz órgão dos EUA

Uma das maiores a operarem com financiamento em criptoativos, a Celsius tinha mais de US$ 20 bilhões em ativos e oferecia juros de até 18% a investidores que aceitavam depositar seus recursos, que eram usados em empréstimos a outros cientes através da plataforma.

Mas, com a escalada da crise dos criptoativos, mercado que desde novembro perdeu US$ 2 trilhões em valor, a Celsius subitamente suspendeu os resgates de recursos por clientes em junho.

A empresa recentemente estimou ter ativos e passivos entre US$ 1 bilhão e US$ 10 bilhões.

Rainha das criptomoedas: Ruja Ignatova fez plástica no rosto, está loira e escondida em iate no Mediterrâneo

Veja imóveis: Sheik acusado de golpe com criptomoedas tenta vender mansão por R$ 64,5 milhões

Outras empresas do setor foram ao colapso nas últimas semanas, como a Voyager Digital, que também pediu recuperação judicial, e a Three Arrows Capital, cujos fundadores desapareceram após a empresa ter ido à falência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos