Maisa é criticada após interromper discurso de Raul Gil a favor de Bolsonaro

1 / 1
Maisa é criticada após interromper discurso de Raul Gil a favor de Bolsonaro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Durante o Teleton 2018, no sábado (10), Maisa Silva, 16, dividiu o palco da atração com Raul Gil, 80. Em determinado momento, quando o apresentador elogiava o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), a jovem interrompeu a fala de seu companheiro, o que gerou polêmica nas redes sociais.

"Porque os ladrões do povo estão sumindo e vão sumir. O homem chegou aí, meu. E ele vai doar também, viu? Alô, Bolsonaro, não esqueça que Deus te deu essa divina luz. Então passe um pouco dessa luz", dizia Raul Gil. "Qual é o valor do cheque?", disse Maisa, interrompendo o colega.

Na internet, muitos espectadores reclamaram da postura da apresentadora, que estaria transparecendo sua ideologia política ao interromper Raul Gil. Em seu Twitter, Maisa disse que não se tratou de uma interrupção por questões políticas e agradeceu a sensatez de um seguidor que a defendeu. 

"Tecnicamente ela estava apenas cumprindo ordens do diretor pelo ponto", disse o fã. "Obrigada pela sensatez!! Um programa ao vivo tem gente mandando você ir mais rápido a todo instante. Eu apenas estava seguindo o que me falaram no ponto! Um ótimo Teleton pra todos, onde celebramos o amor e a união", completou Maisa.

O Teleton 2018 teve também outra polêmica, envolvendo Silvio Santos e Claudia Leitte. O apresentador recusou um abraço da cantora dizendo que ela o deixaria excitado. Constrangida, Leitte tentou se esquivar da declaração de Silvio, que reiterou o que havia dito. "É excitação mesmo".

Em suas redes sociais, a cantora fez uma longa reflexão sobre o ocorrido. "A provocação vem disfarçada de piada e as pessoas riem, porque acostumaram-se, parece normal!", disse.