Maisa Silva deseja força para Whindersson e Maria Lina após morte de João Miguel: "Pessoas amadas"

·1 minuto de leitura
Maisa Silva pede forças para Whindersson e Maria Lina após morte do filho. Foto: Reprodução/Instagram @whinderssonnunes @maisa
Maisa Silva pede forças para Whindersson e Maria Lina após morte do filho. Foto: Reprodução/Instagram @whinderssonnunes @maisa

Resumo da notícia

  • Morre João Miguel, filho de Whindersson Nunes

  • Apresentadora Maisa Silva desejou força e cura para o humorista e a noiva, Maria Lina

  • Maisa pediu que os fãs também enviem boas energias ao casal

Maisa Silva usou suas redes sociais na segunda-feira (31) para pedir aos fãs que enviem "força e cura para os corações" de Whindersson Nunes e Maria Lina. O pedido foi feito após informação de que o filho dos dois, João Miguel, teria morrido.

"Em luto. Pedindo para todos que gostam de mim e se consideram meus primos, reunirem suas crenças para mandarem força e cura para os corações do Whindersson e da Maria. Eles são pessoas amadas demais e é muito ruim ver quem a gente ama, sofrendo. Concentrem nisso, e não em negatividade porque isso é a última coisa de que eles precisam. Com amor, do fundo do meu coração", escreveu a apresentadora.

Leia também

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

João Miguel nasceu prematuro de 22 semanas no sábado (29). No dia seguinte, o humorista revelou o nascimento do filho. "Ontem eu conheci meu filho, e a primeira vez que encostei nele foi como se eu encostasse em um pedaço de Deus. Há tanto tempo eu não me sentia vivo", escreveu o youtuber.

Por ser muito prematuro, o bebê estava sobre cuidados médicos, mas não resistiu e faleceu 2 dias após o nascimento, na madrugada de segunda-feira. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos