Major dos bombeiros é sequestrado e morto por traficantes da Baixada Fluminense

Um major do Corpo de Bombeiros foi sequestrado e morto por criminosos em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Segundo a TV Globo, informações da Polícia Civil indicam que ele estaria fotografando barricadas na região e foi descoberto. O major Wagner Bonin foi levado para uma favela na tarde de quarta-feira.

Nas redes sociais, o secretário estadual de Defesa Civil, Leandro Monteiro, lamentou a morte do militar e pediu que os responsáveis pelo crime sejam presos:

"Infelizmente marginais covardes acabaram de sequestrar o major Wagner Bonin em São João de Meriti. Confio na @PCERJ e na @PMERJ. Não mediremos esforços para prender esses assassinos. Nem um passo daremos atrás", disse.

De acordo com a Polícia Militar, agentes do 41º BPM (Irajá) foram à Rua Ibirubá, na Pavuna, Zona Norte da capital fluminense, onde localizaram um corpo carbonizado no interior de um carro. O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital, que realizou perícia no local e tenta identificar os autores.