Major Marcony promete transformar Pará em “referência logística para o Brasil”

Major Marcony quer aproveitar a localização estratégica do estado (Getty Images)
Major Marcony quer aproveitar a localização estratégica do estado

(Getty Images)

  • Major Marcony promete integrar malhas rodoviária, ferroviária e hidroviária;

  • Candidato ao governo tem a intenção de transformar o Pará em "referência logística" para o Brasil;

  • Marcony também prometeu melhorias na educação e soluções para o crescimento do estado.

O candidato ao governo do Pará, Major Marcony (Solidariedade), propôs soluções para transformar o Pará em uma “grande referência logística para o Brasil”. Em sabatina à Roma News, ele destacou que a localização do estado é estratégica e deve ser mais bem aproveitada por meio da integração entre as malhas hidroviárias, ferroviárias e rodoviárias.

“Não temos pontos de integração desses três vetores e isso traz dificuldade logística para o Pará, tira o interesse do Pará como locomotiva do Brasil”, justificou. “O Pará está na Linha do Equador, no meio do mundo, próximo da Europa e da América. Nós temos condições de ser grande referência logística para o Brasil”.

O atual presidente local do Solidariedade também prometeu “resgatar o erro histórico” que fez com que o país focasse mais em algumas regiões, no quesito logístico, do que em outras. “O Brasil foi colonizado pelo Sul e Sudeste e isso fez com que todo o sistema logístico brasileiro fosse canalizado para o Sul e Sudeste. Nunca se pensou no Pará com grande viés logístico para o mundo”, apontou.

Candidato ao governo do Pará pela primeira vez, Marcony demonstrou interesse em construir uma rodovia que liga Outeiro a Mosqueiro, de forma a permitir que “as grandes carretas e transportadoras possam usufruir e trazer benefícios à Grande Belém” e explicou como pretende investir nas rodovias.

“Nós temos umas das piores malhas rodoviárias do Brasil. Pretendemos fazer uma parceria, não só com o Governo Federal, mas com a iniciativas privadas principalmente para aqueles que precisam dessas vias para extrair sua produção”, afirmou.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

No âmbito da educação, Marcony lamentou as altas taxas de evasão escolar que atingem o estado e garantiu investimento em escolas digitais, foco em empreendedorismo, políticas de incentivo à qualificação e profissionalização de jovens. O candidato também relacionou o tema aos transportes, já que as populações ribeirinhas precisam ter acesso aos estudos, e apontou interesse em criar escolas cívico-militares.

Marcony ainda citou que o Pará precisa focar em três vetores para crescer: preparação de mão de obra em massa, industrialização e infraestrutura, especialmente no que diz respeito ao escoamento da produção de pequenos agricultores.