Major Olímpio sobre suicídio de ex-presidente do Peru: "Tomara que a moda pegue no Brasil"

Wilson Dias/Agência Brasil

Major Olímpio, líder do PSL no Senado, fez mais uma declaração polêmica na tarde desta quarta-feira, (17). Por meio de sua conta no Twitter, o senador comentou o suicídio do ex-presidente do Peru, Alan García: “Tomara que a moda pegue”, disse ele. As informações são do portal UOL

Alan García se suicidou na manhã do dia 17 após receber um pedido de prisão temporária pelo período de dez dias devido a supostos envolvimentos em casos de corrupção da construtora Odebrecht. O ex-presidente atirou contra a própria cabeça ao ser avisado da prisão por seus advogados, minutos antes da polícia chegar. Ele foi levado para o hospital Casimiro Ulloa, em Lima, mas não resistiu.

Pouco após a notícia da tragédia, Olímpio publicou em sua conta do Twitter: “O ex presidente do Peru se suicidou ao ser preso. Tomara que está (sic) moda pegue aqui no Brasil. Seria uma grande economia para o pais [sic]”.

Alguns apoiadores concordaram com o senador. “Concordo com você, Major, ponha ordem naquela bagunça chamada PSL, pelo amor de Deus", disse um internauta. “Seria legal que os aliados do PT também fizessem isso... principalmente os que se elegeram com votos da direita”, disse outro.

Por outro lado, alguns seguidores consideraram a publicação ofensiva. “Respeito o senhor, mas uma das bandeiras do governo é a luta contra o suicídio principalmente entre os jovens. Pisou feio na bola hein...” e "Esse povo de Deus a cada mostrando ensinamentos longe do Cristo", foram algumas respostas à publicação de Major Olímpio.