'Maldição da Netflix' tem 90% de zica no Australian Open

Nove dos dez personagens de Break Point, série documental da Netflix, foram eliminados do Aberto da Austrália na primeira semana.

Nove dos dez personagens de Break Point, série documental da Netflix, foram eliminados do Aberto da Austrália na primeira semana.
Nove dos dez personagens de Break Point, série documental da Netflix, foram eliminados do Aberto da Austrália na primeira semana. Foto: (Chris Putnam/Future Publishing via Getty Images)

Lançamento deste ano na Netflix, serviço de streaming de séries e vídeos, a série documental Break Point, versão do tênis da consagrada Drive to Survive, da Fórmula 1, parece estar carregada de uma tremenda zica envolvendo os tenistas que participaram da sua primeira temporada.

A 'Maldição da Netflix', como vem sendo chamada nas redes sociais, se deve ao péssimo desempenho que os atletas vêm tendo no Grand Slam do ano. Ainda antes da estreia do Aberto da Austrália, Paula Badosa e Ajla Tomljanovic, números 16 e 35 do mundo, respectivamente, anunciaram que lesões as deixariam de fora do torneio, assim como Nick Kyrgios, número 21 do ranking masculino, que teve de passar por uma cirurgia no joelho.

Leia também:

Após o início do Australian Open, os reflexos negativos nos atletas não pararam, muito pelo contrário. Matteo Berrenttini, número 14 do mundo, caiu para o veterano Andy Murray ainda na primeira rodada. Já na segunda, Taylor Fritz, número 9, e Thanasi Kokkinakis, número 159 deram adeus à competição. Por fim, Casper Ruud, vice-líder do ranking masculino, Maria Sakkari, número 6, e Ons Jabeur, vice-líder do ranking feminino deram adeus ao torneio na terceira fase.

Número 7 do mundo, o canadense Félix Auger-Aliassime, é o único personagem que se mantém vivo no Aberto. Quando questionado sobre a 'Maldição', o tenista riu, mas disse que não vê conexão entre a série e o péssimo desempenho: "Minha namorada me mostrou hoje, eu não estava sabendo. Eu sabia que cabeças de chave estavam perdendo, mas não passou pela minha cabeça até ela me mostrar hoje de manhã. Achei engraçado. Não acho que haja uma conexão. Talvez os jogadores que perderam sintam que haja uma ligação, mas acho que não. É engraçado como as coisas acontecem às vezes".