Manchester City anuncia saída da Superliga

O Globo
·1 minuto de leitura

Cerca de 48 horas depois do anúncio da Superliga, o Manchester City anunciou que está fora do bloco de clubes que tinha como objetivo lançar um torneio concorrente à Liga dos Campeões da Europa.

Em um comunicado curto publicado nesta terça-feira, o City disse que iniciou "formalmente os procedimentos para se retirar do grupo". Oficialmente, o time de Manchester é o primeiro a pular fora do barco. Nos bastidores, o Chelsea faz movimento similar.

O cenário nos últimos dois dias foi de pressão das entidades que administram o futebol - leia-se Fifa e Uefa -, além de críticas por parte dos torcedores, alguns técnicos e até jogadores.

Em um comunicado replicado nas redes sociais, o elenco do Liverpool, um dos 12 fundadores da Superliga, foi claro: “Não gostamos e não queremos que isso aconteça. É a nossa posição coletiva. Nosso compromisso com este clube e com seus torcedores é absoluto e incondicional”.