Manchester City e Leicester vencem e vão às quartas da FA Cup; Everton elimina Tottenham

·5 minuto de leitura

O Manchester City continua sua boa fase e se classificou para as quartas de final da Copa da Inglaterra (FA Cup) sem complicações, vencendo o Swansea (da 2ª divisão) por 3 a 1 fora de casa, nesta quarta-feira pelas oitavas de final.

Quem teve muitos mais problemas foi o Leicester, terceiro colocado do campeonato inglês, que venceu outro time da primeira divisão, o Brighton, nos acréscimos (1-0).

E em outro duelo cheio de emoção, o Everton eliminou o Tottenham em um jogo alucinante de 9 gols (5-4).

A classificação do City faz com que o time continue com chances de atingir uma marca histórica de quatro títulos conquistados no final da temporada, já que também é o líder isolado da Premier League, está classificado para as oitavas (contra o Borussia Mönchengladbach) na Champions League e para a final (contra o Tottenham) da Copa da Liga Inglesa.

O Manchester City quebrou o recorde do futebol inglês com vitórias consecutivas por um clube da primeira divisão, estendendo sua série de vitórias em todas as competições para 15 jogos.

A vitória também foi a de número 200 de Pep Guardiola em 268 jogos como técnico do City.

"É incrível para nós. Não podemos negar o quanto estamos satisfeitos e orgulhosos por quebrar esse recorde", disse Guardiola.

"Os recordes existem para serem quebrados, mas eles têm de se sair bem (para vencê-los). "Não é fácil na era moderna obter 15 vitórias consecutivas", acrescentou o treinador.

Na visita ao País de Gales nesta quarta-feira, Kyle Walker abriu o placar aos 30 minutos, com uma bola que parecia um cruzamento, que Ferran Torres não alcançou por pouco e acabou entrando no gol do time da casa.

No início do segundo tempo, os 'Citizens' encaminharam a vitória.

Raheem Sterling marcou aos 47 minutos, após um passe do espanhol Rodri Hernández, que também havia dado a assistência no primeiro gol.

No minuto 50, o brasileiro Gabriel Jesus marcou o terceiro, depois de receber um passe do português Bernardo Silva.

O Swansea, terceiro colocado no campeonato (2ª divisão), só conseguiu descontar aos 77 por meio de Morgan Whittaker.

Rodri foi um dos destaques da partida com as suas duas assistências, mas também protagonizou a má notícia da tarde para a equipe de Josep Guardiola, tendo de ser substituído aos 71 devido a um problema físico.

O conforto do resultado permitiu ao treinador catalão colocar em campo no segundo tempo dois jovens jogadores, Tommy Doyle (19 anos) e o francês Claudio Gomes (20 anos).

O Manchester City confirmou a sua grande fase e já são 15 vitórias consecutivas, levando em consideração todas as competições.

Esta confortável classificação na Copa da Inglaterra vem depois de seu grande passo dado no domingo na Premier League, em que consolidou sua liderança ao vencer o Liverpool por 4 a 1 em Anfield, em um duelo muito aguardado diante do atual campeão inglês.

O Manchester City aspira nesta Copa da Inglaterra ao sétimo título no tradicional torneio, onde foi campeão em 2019 e no qual perdeu na última temporada para o Arsenal nas semifinais.

Também nesta quarta o Leicester sofreu muito para conseguir vencer por 1 a 0 no duelo com o Brighton.

Quando o jogo parecia ir para a prorrogação, os 'Foxes' conseguiram tirar o zero do placar com um gol do nigeriano Kelechi Iheanacho (90+4), após uma assistência de Youri Tielemans.

Também com uma vitória por 1 a 0, o Sheffield United se classificou vencendo o Bristol (2º), graças a um pênalti convertido por Billy Sharp (66).

Na terça-feira, o Manchester United, segundo colocado do campeonato inglês, também selou sua classificação às quartas de final após um sofrido 1 a 0 sobre o West Ham, com um gol de Scott McTominay na prorrogação.

- Nova decepção para Mourinho -

O duelo de destaque das oitavas de final terminou com uma chuva de gols: O Everton do técnico Carlo Ancelotti venceu o Tottenham de José Mourinho por 5 a 4.

O brasileiro Bernard (97) marcou o gol da vitória do Everton nos acréscimos.

Os noventa minutos terminaram com um empate em 4 a 4. Dominic Calvert-Lewis (36), o brasileiro Richarlison duas vezes (38 e 68) e o islandês Gylfi Sigurdsson (43) marcaram os quatro primeiros gols pelo Everton, enquanto que pelo Tottenham os autores foram o colombiano Davinson Sánchez (aos 3 e aos 57), o argentino Erik Lamela (45) e Harry Kane, na reta final, empatando a partida (83).

Calvert-Lewin precisou ser substituído após sofre uma pancada aos 55 minutos.

Com a eliminação, o Tottenham, que é apenas oitavo colocado na Premier League, complicou ainda mais suas perspectivas para os últimos meses da temporada.

"O futebol de ataque só vence partidas quando você não comete mais erros defensivos do que cria", disse Mourinho, que descreveu um resultado de 5-4 como um "placar de hóquei".

"Foi rato e gato. O rato foram os nossos erros defensivos e o gato foi nós jogando muito bem, marcando gols, mas não foi o suficiente", analisou o treinador português.

-- Jogos das oitavas de final da Copa da Inglaterra:

- Terça-feira:

Burnley (D1) - BOURNEMOUTH (D2) 0 - 2

Gols

Bournemouth: San Surridge (21), Junior Stanislas (88, de pênalti)

MANCHESTER UNITED (D1) - West Ham (D1) 1 - 0

Gols:

Manchester United: Scott McTominay (98)

- Quarta-feira, 10 de fevereiro:

Swansea (D2)- MANCHESTER CITY (D1) 1 - 3

Gols:

Swansea: Whittaker (77)

Manchester City: Kyle Walker (30), Raheem Sterling (47), Gabriel Jesus (50)

LEICESTER (D1) - Brighton (D1) 1 - 0

Gol:

Leicester: Kelechi Iheanacho (90+4)

SHEFFIELD UNITED (D1) - Bristol City (D2) 1 - 0

Gol:

Sheffield: Billy Sharp (66, de pênalti)

EVERTON (D1) - Tottenham (D1) 5 - 4

Gols:

Everton: Calvert-Lewin (36), Richarlison (38, 68), Sigurdsson (43 de pênalti), Bernard (97)

Tottenham: Davinson Sánchez (3, 57), Lamela (45+3), Kane (83)

- Quinta-feira:

(14h30) Wolverhampton (D1) - Southampton (D1)

(17h00) Barnsley (D2) - Chelsea (D1)

Obs: as equipes em caixa-alta estão classificadas para a próxima fase

bur-hap/dr/mcd/aam