Cristiano Ronaldo volta ao Manchester United doze anos depois

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
Cristiano Ronaldo voltará ao Manchester United, 12 anos depois de partir para o Real Madrid (AFP/Andrew YATES)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Manchester United anunciou nesta sexta-feira ter chegado a um acordo com a Juventus para a contratação de Cristiano Ronaldo, doze anos após o astro português deixar o clube de Old Trafford, onde jogou de 2003 a 2009, para se transferir para o Real Madrid.

"O Manchester United tem o prazer de confirmar que o clube chegou a um acordo com a Juventus pela transferência de Cristiano Ronaldo, uma transferência pendente de um acordo sobre os termos do contrato, a obtenção de um visto e a aprovação do exame médico", informou o clube do norte da Inglaterra em um comunicado.

O artilheiro de 36 anos, cinco vezes vencedor da Bola de Ouro, conquistou sua primeira Liga dos Campeões em 2008 com o Manchester United e foi três vezes campeão da liga inglesa (2007, 2008 e 2009) quando vestia as cores dos 'Red Devils'.

Como jogador do United, marcou 118 gols em 292 jogos, antes de se juntar ao Real Madrid, onde permaneceu até 2018.

O português fecha três temporadas pela Juventus marcadas pelos seus fracassos na Liga dos Campeões, sua competição 'de estimação'. Sua chegada faz do Manchester United um dos grandes favoritos ao título europeu desta temporada, ao lado do Manchester City e do Paris Saint-Germain.

Os "Citizens" foram inicialmente procurados para assinar com o astro, especialmente porque estão à procura de um atacante.

Mas os "Red Devils" foram mais rápidos e apresentaram uma oferta que atende as exigências da Juventus, com quem o português estava comprometido até 2022.

A mídia italiana mencionou uma proposta inglesa de cerca de 25 milhões de euros, o valor desejado pela Juventus, que pagou 115 milhões de euros para contratá-lo em 2018.

A equipe treinada por Ole Gunnar Solskjaer se mostrou forte no mercado neste verão europeu trazendo Jadon Sancho (85 milhões de euros) e Raphaël Varane (40 milhões de euros), antes de Cristiano Ronaldo.

"Cristiano é uma lenda neste clube. Ele é o maior jogador de todos os tempos, se você me perguntar", disse mais cedo o técnico norueguês, que foi companheiro de time de CR7 no United de 2003 a 2007.

- "Bem-vindo a sua casa" -

Ronaldo chegou a Lisboa na tarde desta sexta-feira, onde se prepara para disputar as partidas das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 com sua seleção.

Ele poderia fazer sua estreia no United, depois de voltar da pausa internacional, no dia 11 de setembro contra o Newcastle.

Na Juventus se encerra uma etapa. Foram três temporadas com Cristiano Ronaldo sem que o clube de Turim tivesse reconquistado o título europeu, a sua grande obsessão. O time 'bianconero' caiu uma vez nas quartas de final e duas vezes nas oitavas nesta fase com o astro português.

Nesta sexta-feira, Cristiano Ronaldo reafirmou no Instagram que ele e a Juve haviam “conquistado grandes coisas, não todas (as que ambos queriam), mas apesar disso escreveram uma história muito bonita juntos".

"Hoje parto de um clube incrível, o maior da Itália e com certeza um dos maiores de toda a Europa. Eu dei meu coração e alma pela Juventus e sempre amarei a cidade de Torino até meus últimos dias", declarou o português.

"Os Tifosi sempre me respeitaram e tentei agradecê-los dando o meu melhor em todos os jogos, em todas as temporadas, em todas as competições", afirmou.

No Manchester United, a alegria foi geral nesta sexta.

"Uau, uau, uau, ele está em casa", vibrou no Twitter Marcus Rashford, o jovem líder do Manchester United. "Bem-vindo à sua casa", publicou por outro lado o português Bruno Fernandes.

Cristiano Ronaldo vai se juntar a outro jogador da seleção portuguesa, Diogo Dalot, e também com um ex-companheiro de equipe no Real Madrid, Raphael Varane.

O ataque do Manchester United se torna mais temível com este reforço. Solskjaer terá uma 'dor de cabeça boa' com Cristiano Ronaldo, Edinson Cavani, Marcus Rashford, Jadon Sancho e Anthony Martial, entre outros.

Sua transferência é mais um capítulo de um verão frenético na janela de transferências, depois que seu ex-rival do Barcelona, Lionel Messi, foi contratado pelo PSG.

kca/iga/dr/iga/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos