Manchester United "traiu" Cristiano Ronaldo

Numa longa entrevista a um canal de televisão britânico, conduzida por Piers Morgan, Cristiano Ronaldo mostrou-se desapontado com a forma como o Manchester United o tratou. O internacional português disse sentir-se "traído" pelos Red Devils, acrescentando que tentaram fazer dele a "ovelha negra" do plantel e não deixou de fora as acusações ao treinador que diz não respeitar porque não foi respeitado.

O craque português falou de desafios familiares e da forma como o clube que representa geriu essas situações e da falta de apoio que recebeu, tendo sido mesmo posto em causa. Anteriormente, a um tablóide britânico, tinha acusado a direção do Manchester United de "falta de empatia".

Sobre a situação do clube Cristiano afirmou sentir-se como quando era jovem, acrescentando, com surpresa, que não viu "qualquer tipo de evolução (...), a progressão foi zero" desde a partida de Alex Ferguson.

"Pararam no tempo e a mim isso surpreende-me. (...) Esperava ver coisas diferentes (...) em termos de infraestruturas, tecnológicas... mas, infelizmente, continuo a ver coisas que eu já via quando tinha 23, 24 anos".

Por agora, Cristiano Ronaldo parte para a expedição da Seleção portuguesa no Mundial do Qatar, esta será a sua quinta participação num campeonato do mundo com o emblema das Quinas.

Quanto ao seu futuro profissional ele é, para já, incerto. Espera-se que daqui até janeiro CR7 embarque numa nova aventura.