Mancini corre risco de demissão se Timão for eliminado?

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Corinthians passou com folga pelo Salgueiro na 1ª fase da Copa do Brasil (Rodrigo Coca/Corinthians)
Corinthians passou com folga pelo Salgueiro na 1ª fase da Copa do Brasil (Rodrigo Coca/Corinthians)

O Corinthians faz às 21h30 desta sexta-feira um jogo extremamente importante: enfrenta o Retrô em busca de vaga na 3ª fase da Copa do Brasil. Em crise financeira há anos, o Timão não pode abrir mão das cotas do torneio.

Mas a pergunta é: em caso de eliminação, Vagner Mancini corre risco de demissão? O presidente alvinegro, Duílio Monteiro Alves, já afirmou aos mais próximos que nem cogita a possibilidade de dispensar seu técnico.

Leia também:

Porém, a pressão interna e externa será gigante. Por uma série de motivos, a começar pela tragédia com uma eventual queda para o pequenino Retrô, fundado apenas em 2016 e dono de uma folha salarial de R$ 300 mil mensais.

O segundo ponto é financeiro: o Corinthians não contratou jogadores em 2021 porque não tem dinheiro. E cair na Copa do Brasil acaba com a possibilidade de faturar mais R$ 68 milhões - o prêmio total no torneio pode superar R$ 70 milhões em caso de título.

O Timão já faturou R$ 2,5 milhões pela presença nas duas primeiras fases, diante de Salgueiro e Retrô. A passagem para o terceiro mata-mata representa mais R$ 1,7 milhão.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola