Manifestação em Porto Alegre pede impeachment de ministros do STF

PORTO ALEGRE, RS (FOLHAPRESS) - A manifestação de 7 de Setembro em Porto Alegre se iniciou com boa presença de público, mas com bastante espaços abertos ao longo dos 600 metros da avenida Goethe fechados para o ato dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Os militantes são orientados de tempos em tempos pela sonorização de um dos seis carros de som a pegar cartazes com dizeres como "Supremo é o povo" e "Liberdade não se ganha, se conquista" e postar nas suas redes sociais para chamar mais gente para o ato.

Um dos catarzes distribuídos reproduzia o painel que vincula a esquerda ao PCC e ao aborto, retirado de Porto Alegre no mês passado por ser propaganda eleitoral irregular.

A sonorização alternava o jingle da campanha eleitoral de Bolsonaro e a música Eu Te Amo Meu Brasil, de Os Incríveis.

Entre as propostas apresentadas em cartazes estava o impeachment dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).